CUIABÁ

Turismo

Dia da Consciência Negra: iniciativa fortalece turismo étnico em SP

Publicado em

Afroturismo ganha força no Estado de SP
Rafael Smaira/Rotas Afro

Afroturismo ganha força no Estado de SP

São Paulo agora está entre os estados brasileiros que decidiram transformar o Dia Nacional da Consciência Negra em feriado — anteriormente, fora da capital, o dia 20 de novembro era considerado como ponto facultativo. Para celebrar a data, a Secretaria de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo (Setur-SP) está disponibilizando informações sobre o Afroturismo, segmento que vem ganhando destaque nos últimos anos.

Para proporcionar experiências com esta vertente, São Paulo já conta com um trabalho de grupos dedicados em contribuir para que o turismo afro seja mais reconhecido e o legado dos negros na formação da sociedade seja mais valorizado.

A decisão leva em consideração o fato de que, segundo dados oficiais do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a população negra representa 56% da população brasileira como um todo.

“O governo de SP pretende fortalecer o debate sobre o povo e a cultura africana presente em todo Brasil, seja por meio do turismo, da política, da religião, da gastronomia, da música e tantas outras áreas”, destacou o secretário de Turismo e Viagens de SP, Roberto de Lucena.

Várias são as cidades do Brasil em que o turismo afrocentrado tem crescido e o estado de São Paulo tem inúmeros exemplos disso. O turismo quer contar estas histórias e já está colocando estes produtos nas prateleiras porque são inúmeros os atrativos e os personagens emblemáticos que remetem aos negros, e que só agora começam a aparecer em roteiros de turismo e guias de viagem.

Considerados embaixadores do Afroturismo, o Guia Negro é uma plataforma que realiza experiências turísticas em diversas cidades brasileiras, faz consultorias, produção independente de conteúdo sobre viagens, cultura negra, afroturismo, movimentos e black business.

Leia Também:  Após incêndio em dragão, Disney cancela números com fogo em parques

Segundo Guilherme Soares Dias, fundador da plataforma, viajar é uma experiência transformadora e precisa ser mais inclusiva. “O afroturismo é crescente no estado de SP, há diversas experiências que foram ganhando forma. Vemos mais procura e mais possibilidades de conhecer a cultura e história negro. Os turistas que vem ao estado de SP e se deparam com esses lugares, se surpreendem com tantas opções e tem a oportunidade de conhecer as cidades com o olhar do protagonismo negro. Acreditamos que esse é um caminho sem volta”, explicou Guilherme.

Afroturismo ganha força no Estado de SP
Robson Ribeiro/Rotas Afro

Afroturismo ganha força no Estado de SP

Ele garante que em São Paulo há diversos empreendimentos voltados para o tema, como a Rota da Liberdade e a Rota Afro , que proporcionam experiências de turismo afrocentrado incluindo tours guiados, viagens, hospedagem, passeios para quilombos e tours com enfoque nas religiões de matriz africana.

Afroturismo ganha força no Estado de SP
Afroturismo ganha força no Estado de SP
Afroturismo ganha força no Estado de SP
Afroturismo ganha força no Estado de SP

Nas experiências oferecidas por esses grupos de empreendedores são mostrados aos turistas estrangeiros e brasileiros, além da população local, o quanto os africanos e seus descendentes têm participação central na construção do nosso país, principalmente nas cidades históricas e mais turísticas.

Rota da Liberdade

Solange Barbosa, historiadora e turismóloga é pioneira do Afroturismo no estado de São Paulo com a Rota da Liberdade, lançada em 2006, pela Setur-SP, na cidade de Sorocaba.

A Rota da Liberdade foi eleita em 2009 como um dos 10 melhores projetos de Geoturismo do Mundo no Desafio da Ashoka/National Geographic, em 2021 e foi eleita um dos três melhores projetos de Turismo Sustentável no Desafio Ashoka/CTH Brasil

Leia Também:  Magic Kingdom inaugura montanha-russa mais rápida da Disney

Já em 2011, Solange foi eleita uma das 100 pessoas mais influentes do Turismo Brasileiro pelo Portal PanRotas e uma das 40 pessoas mais influentes do Turismo Sustentável no mundo pelo Global Shakers.

A Rota da Liberdade destaca os roteiros no Quilombo da Fazenda em Ubatuba, local que a comunidade pratica o Turismo de Base Comunitária e é reconhecida nacional e internacionalmente por sua gastronomia e também pela Casa da Farinha, Patrimônio Material de Ubatuba.

Outro destaque é o roteiro com o Quilombo Cafundó em alto de Pirapora, um pedacinho de Angola no Estado de SP, que trabalha diversos aspectos da cultura afro-brasileira, com destaque para a produção autoral de moda, realizando estamparia botânica com folhas, flores e sementes do Quilombo. Também destaca a Caminhada Negra em Pindamonhangaba e o roteiro no Centro Cultural Afro-brasileiro e Biblioteca Zumbi dos Palmares na cidade de Taubaté.

“Hoje temos roteiros de Afroturismo em todo o Estado de São Paulo, que é uma vertente do turismo cultural, e trata o setor com base em comunidades negras. Significa conhecer, reviver, respeitar e vivenciar aspectos da história e da cultura negra”, disse a historiadora.

Rotas Afro

O Rotas Afro é uma iniciativa de museologia social e preservação da memória afro-brasileira focada no interior de São Paulo que conta as histórias negras das cidades através de caminhadas turísticas, culturais e tecnológicas. Reconhecido como Ponto de Memória pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), tem como objetivos contribuir com a construção de imaginários positivos acerca da história do povo negro no Brasil e promover espaços de descoberta de uma nova cidade. O Rotas Afro atua em Piracicaba , Campinas , Vinhedo e Rio Claro .

Fonte: Turismo

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Turismo

Praça Tiradentes, tradicional no Rio, ganhará sua 1ª feira natalina

Published

on

Projeção de como ficará a Praça Tiradentes durante a feira de Natal
Divulgação

Projeção de como ficará a Praça Tiradentes durante a feira de Natal

No primeiro fim de semana de dezembro a Praça Tiradentes mostrará, mais uma vez, a sua vocação para manifestações culturais. Será lá a estreia da Feira Natal na Tiradentes, evento gratuito que levará à ampla calçada do Crab (Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro) nos dias 1º (12h às 20h) e 2 do mês (10h às 20h).

O evento contará com 50 barracas de produtos de artesanato, moda, design, e gastronomia do Tempero de Favela, além de um espaço lounge, visita do Papai Noel, árvore de Natal e oficinas de Cartola, Cartão de Natal e de Samba.


No dia 1º, haverá ainda shows de Moacyr Luz e Samba dos Trabalhadores. Já no dia 2 será a vez do saxofonista Chacal e da bateria da Escola de Samba Mangueira se apresentarem, com Flavia Saolli como convidada.

Além de proporcionar um novo ponto de passeio gratuito à população carioca e turistas que estejam pela cidade no período natalino, o evento colabora ainda com a geração de renda para os expositores, empreendedores atendidos pelo Sebrae Rio, por meio das áreas de Economia Criativa, Empreendedorismo Social e Indústria e Comércio.

A decoração natalina que será instalada na fachada do Crab Sebrae
Divulgação

A decoração natalina que será instalada na fachada do Crab Sebrae

Leia Também:  Hotel das Cataratas é eleito o melhor da América do Sul pela Forbes


A decoração natalina instalada na fachada do Crab Sebrae para o evento permanecerá no local até janeiro de 2024. A meta é que a Feira Natal na Tiradentes faça parte do calendário de eventos do Rio de Janeiro, atraindo cada vez mais público para o local.

“A ideia do evento é atrair o público para uma experiência lúdica e inédita. É a primeira vez que é realizado um evento de Natal desse porte na Praça Tiradentes, e isso vai transformar esse espaço do Centro em um ponto de reunião para o público em geral”, explica Sergio Malta, diretor de Desenvolvimento do Sebrae Rio.

“A ideia é criar mais uma atração para esse importante local do Corredor Cultural do Rio de Janeiro. E o Crab quer contribuir para isso, levando o melhor do artesanato brasileiro aos seus visitantes. Tanto a Praça Tiradentes quanto seu entorno fazem parte de uma área com imenso valor cultural e criativo. Repleta de história e palco de importantes manifestações culturais e criativas, até hoje a praça abriga construções de valiosa arquitetura e aparelhos de importância cultural”, acrescenta o diretor.

Leia Também:  Destino verão: já ouviu falar de Iriri, o ‘Caribe’ do Espírito Santo?

No cronograma do evento também estão incluídas visitas guiadas às exposições em cartaz no Crab, como a da Mangueira (Mostra Artesania Ancestral nos 95 anos da Mangueira) e de peças de artesanato de Pernambuco (Mostra Mangue e Beats); e oficinas gratuitas para o público adulto e infantil.

Agora você pode acompanhar o iG Turismo também no Instagram e no Facebook!

Fonte: Turismo

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA